23 anos sem Tim Maia: 10 curiosidades sobre o cantor

Nascido em 10 de janeiro de 1942 no Rio de Janeiro, Sebastião Rodrigues Maia mal sabia a marca que deixaria na história. Com sua voz potente e talento inegualável, Tim Maia atingiu as paradas de sucesso do Brasil muitas vezes ao longo dos seus 56 anos de vida.Tim Maia marcou gerações com a sua música (Foto: Divulgação)© Jetss Tim Maia marcou gerações com a sua música (Foto: Divulgação)

O carioca é conhecido até os dias de hoje como o “Rei do Soul” e não existe brasileiro que não conheça pelo menos uma música do artista. Infelizmente, foi vítima de choque séptico no dia 15 de março de 1998 e desde então uma lacuna se abriu nos corações dos fãs.

Confira agora 10 curiosidades sobre o cantor que deixa, até os dias de hoje, tanta saudade.

1. Certa vez foi preso por roubar gasolina em um posto, enquanto atravessava os Estados Unidos com três amigos. Na cadeia acabou em uma briga feia… Tim mordeu brutalmente a orelha do adversário, que apertava seu saco. Os dois gemiam de dor enquanto lutavam, até que foram separados. Logo depois foi deportado, após 5 anos morando fora.

2. Logo após chegar ao Brasil, Tim também foi preso roubando mesa e cadeiras de uma casa, com um amigo. Levou uma surra da polícia, que fez com que perdesse os sentidos.

3. Tim ficou alucinado quando escutou o Chega de Saudade, do João Gilberto. Escutava o disco o dia inteiro e, acostumado a tocar músicas simples e de poucos acordes, deu duro para conseguir tirar as músicas do novo ídolo.Sebastião Rodrigues Maia faleceu aos 56 anos (Foto: Divulgação)

4. Quando começou a tocar, Tim Maia aprendeu a música “Bop a Lena”, que acabou virando “Babulina”. Babulina virou seu apelido e, certo dia, ficou sabendo que outro cara que também curtia música também tinha esse apelido. Erasmo conhecia os dois e apresentou Tim ao outro… que era o Jorge Ben Jor.

5. Tim foi amigo de infância de Erasmo Carlos. Os dois eram vizinhos e só brigaram uma vez, ainda na infância. Erasmo, muito mais alto, achou que intimidaria Tim, mas foi o contrário. Tim Maia pegou uma barra de ferro e saiu correndo atrás de Erasmo. Ficaram poucos dias sem conversar e depois tudo voltou a normal.

VEJA TAMBÉM: Com Covid-19, sertanejo Edson recebe alta da UTI e apresenta quadro “estável”

6. Tim Maia foi um dos primeiros artistas independentes do Brasil, lançando discos pelo selo Seroma e, mais tarde, por sua própria produtora, a Vitória Régia Discos. Seroma (“amores” ao contrário) é abreviação do seu nome de batismo e foi por ele que lançou Tim Maia Racional volumes 1 e 2. Quando se desiludiu com a doutrina, tirou de circulação os dois álbuns, que se tornaram itens de colecionador.

7. Por um breve momento Tim ficou preocupado com o peso e se internou. Depois de um tempo, fugiu no caminhão de leite e foi para a Churrascaria Carreta, em Ipanema. Chegou lá ao meio dia e só saiu às 20h. Na primeira entrevista após o caso, Tim comentou sobre o assunto com bom humor. “Fiz uma dieta rigorosa. Cortei o álcool, gorduras e açúcar. Em duas semanas, perdi catorze dias”.São mais de 29 álbuns (Foto: Divulgação)© Jetss São mais de 29 álbuns (Foto: Divulgação)

8. Tim foi detido com substâncias ilegais no carro e levado para a 13° DP, um ponto tradicional entre gays no rio. Quando desceu do carro viu que tinha muita gente olhando e começou a cantar. “Ah, se o mundo inteiro me pudesse ouvir… Tenho muito pra contar, dizer que aprendi…”. As pessoas começaram a cantar junto, e garotas de programa e travestis começaram a gritar, enquanto os policiais tentavam empurrar Tim para subir as escadas, mas ele não obedecia e nem parava de cantar. Até o delegado achou graça e mandou liberar o Síndico.

9. Uma vez estava em um restaurante com os amigos Fábio e Glauco, quando ficou nervoso de verdade ao ver o garçom chegando. “Não, não, não. Cai fora, mermão! Se manda, careca!”. Os amigos Fábio e Glauco lembraram de outras vezes em que não tinha aceitado garçons carecas, mas até hoje ninguém sabe o motivo.

10. A primeira que vez que foi parar em uma delegacia americana foi por ser pego roubando chocolate em um supermercado. Por conta da passagem pela delegacia acabou perdendo o emprego em uma lanchonete, aonde ele comia boa parte do que fazia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá ! Bem-Vindo(a) ao nosso SITE!
Posso te Ajudar?