A cada quatro brasileiros 3 apoiam uso da maconha em remédios.

Consentimento para a indústria fazer medicamentos à base da planta da maconha é adotada. por 75% da população brasileira, segundo consultado Data Senado, obtida com exclusividade pelo jornal O Estado de S.

. Anvisa quer dar aval para cultivo de maconha para remédios e pesquisa.


Gestão Jair Bolsonaro é contra a manipulação da planta no País, mesmo para fins de pesquisa ou produção de medicamentos e defende uma saída mais cuidadosa facilitar a importação dos medicamentos, além de permitir uma indústria local que use produtos sintéticos. 

https://www.dietade14dias.ml/


Pesquisa do Senado mostra que 79% dos interrogados defendem que medicamentos à base da planta sejam fornecidos gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS), contra 16% aversos e 5% que não souberam ou não quiseram responder. 

No entanto, decisão da Anvisa de liberar o uso da Cannabis Sativa para uso medicinal pode beneficiar até dez milhões de pessoas.e tratam com a planta.

VOCÊ PODE GOSTAR DE LER TAMBÉM: Secretaria da Saúde reforça importância da vacinação contra sarampo.


Ainda segundo o DataSenado, 87% dos brasileiros sabem que substâncias retiradas da maconha podem ser usadas para tratar doenças, mas apenas 9% conhecem alguém que já usou produtos deste tipo por recomendação médica. 


Pesquisa revela que 64% dos entrevistados não defendem que uma pessoa, mesmo com prescrição médica, plante a maconha em casa, contra 31% que apoiam a medida.

Portanto está decidido: a maconha no país será liberada para fins medicinais a partir do próximo mês de outubro. A decisão é da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e será comunicada em breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá ! Bem-Vindo(a) ao nosso SITE!
Posso te Ajudar?